Um Caminho Para Sara | Canções

TEXTO PREMIADO

7º SELEÇÃO BRASIL EM CENA CCBB 2016

Captura de Tela 2016-01-17 às 20.15.21
ESTRÉIA MARÇO 2016/CCBB BRASÍLIA

Teatro Musical Infantil | Um Caminho para Sara ©direitos reservados
Todas as Canções compostas por Thales Paradela e Luciano Câmara 

MÚSICA 1 –  O DELÍRIO DE CANTAR (MÃE)
Link para música:  https://soundcloud.com/sara-32145686/delirio-de-cantar

(Mãe canta. Sara repete os dois refrãos finais na repetição)

Um refletor, acende um flash

Um sol no olho vai nascer…

Sara: Parece até um filme Trash

Mãe: Isso é o que nós vamos ver…

 

Dois compassos até partir

Depois no palco se jogar

Estar inteira, atenta, ali

Ao mesmo tempo não estar.

Sara: Não entendi nada…

Mãe: Olhou a coisa errada!

 

O tempo corre e nem me cansa

Quero gritar e rir a toa

Ali no palco, o corpo dança

Ali no palco, a alma voa.

Sara: E se eu cair no chão?

Mãe: É só esperar a próxima canção…

 

Muda de tom, põe outro disco

Um novo som invade o ar

Pois só quem pode amar o risco

Sabe o delírio de cantar.

 

Sara: Ai, que eu tô com medo!

Mãe: Fica sendo nosso segredo.

O tempo corre e nem me cansa

Quero gritar e rir a toa

Ali no palco, o corpo dança

Ali no palco, a alma voa.

 

Muda de tom, põe outro disco

Um novo som invade o ar

Pois só quem pode amar o risco

Sabe o delírio de cantar.

 


MÚSICA 2 –  OLHOS DE TANTO VER (coruja)
Link para música:  https://soundcloud.com/sara-32145686/olhos-de-tanto-ver

(Canção da coruja. Coruja canta as 3 primeiras estrofes. Sara canta a última estrofe. Depois ambas repetem 2 vezes a última estrofe como refrão)

Com olhos enormes

e uma boca estreita

se vê os conformes

da frase perfeita

 

Com olhos redondos

e boca fechada

se evita os estrondos

da palavra errada

 

Com olhos profundos

e boca restrita

se atravessa os mundos

da palavra escrita

 

Com os olhos de abrigo

Com olhos de perdão

É que se vê um amigo:

olhos do coração!


MÚSICA 3 – O DESEJO DE EXPRESSAR (cachorro)
Link para música:  https://soundcloud.com/sara-32145686/odesejodeexpressar

(Música do cachorro. O cachorro canta a 1a e 3a estrofes. A sílaba final de cada verso ele “engasga”. Sara canta a 2a estrofe e a Coruja canta a 4a estrofe. Cachorro canta a 5a estrofe sem gaguejar, uma voz límpida que surpreende a todos, inclusive a ele mesmo. Todos repetem juntos a 5a estrofe)

CACHORRO

No forte do la-la-la-TIR

eu não posso engas-gas-gas-GAR

preciso transmi-mi-mi-TIR

um medo de arra-rra-rra-SAR

 

SARA

Ou pode ser que então

não seja mais cruel

e mostre um coração

amigo e tão fiel

 

CACHORRO
Mas eu só sei gru-gru-gru-NHIR

mas eu só sei la-la-la-DRAR

queria conse-se-se-GUIR

poder me expre-pre-pre-SSAR

 

CORUJA
ou pode até bem ser

preciso despertar

a forma de poder

melhor então falar

 

SARA: Cantando!

CACHORRO:  Cantando?

CORUJA: Por que não tentar?

CACHORRO (sem gaguejar)

Um sonho tão antigo

a voz deixar rolar

e perto de um amigo

não latir, só cantar!


MÚSICA 4 –  E MELHOR CANTAR (sapo)
Link para música:  https://soundcloud.com/sara-32145686/e-melhor-cantar

(música do SAPO. Ao final das 3 primeiras estrofes, cada um dos personagens FALA uma “resposta” ao sapo. Seguindo o ritmo da música. O refrão ele canta sozinho)

O corpo se cansa

O pé fica inchado

A sede me alcança

Estou esgotado

SARA: Ah, pobre coitado!

Melhor é cantar

Já perdi o sentido

Nem sei para onde ir

Me sinto perdido

Melhor desistir

CORUJA:  para prosseguir,

Melhor é cantar

 

A noite me assusta

O vento arrepia

Só pouco me custa

entrar numa fria

CACHORRO:  Ei, calma, alivia!

Melhor é cantar.

 

Cantando o meu passo é leve

Cantando eu não sinto medo

Canto e minh’ alma descreve

um riso largo em segredo.


MÚSICA 5 –  Contente CAMINHAMOS I HINO DO CAMINHO (todos)
Link para música:  https://soundcloud.com/sara-32145686/contente-caminhamos-hino-do-caminho

(A canção que se torna o hino do caminho. O sapo começa, um tanto irônico, entre falado e cantado. Depois cada um completa o verso com que criando a melodia. A partir da repetição da 1a estrofe, todos já cantam felizes. )

SAPO: Caminho tão risonho

CORUJA: Por essa estrada minha

SARA: Guardando nosso sonho

CACHORRO: (apontando SARA) Guardando a Rainha

 

SARA: (Comentando sem cantar) Rainha, eu?…não, não, não, não, não…

CACHORRO: (Comentando sem cantar) Às ordens, Vossa Alteza…(riem)

 

(todos cantam as 3 estrofes)

Caminho tão risonho

Por essa estrada minha

Guardando nosso sonho

Guardando a Rainha

 

Coragem é só o que trago

e tanto amor profundo,

Que chego a Santiago,

Que chego ao fim do mundo

 

Cantando fica perto

Contar com alguém por perto

Cantar com alguém por perto

Cantando fica perto


MÚSICA 6 –  ATÉ A PALAVRA VOAR (Santiago)
Link para música:  https://soundcloud.com/sara-32145686/ate-a-palavra-voar

(Sara faz Backing vocals quando Santiago repete o refrão)

Quero a palavra quebrada

a qual jamais ousaria,

não existe palavra errada

existe é pouca ousadia.

SARA: “O rato roeu a roda do tempo”

Quero a palavra até suja

a mais fraca e desvalida!

talvez dali mesmo surja a

beleza não percebida.

SARA: “gritei um silêncio muito alto”

SANTIAGO:

Joga a palavra fresquinha

Lança um tempero de encanto

E você nem adivinha

Chega a gritar de espanto


SARA:

Como a palavra ilumina!

Como com tudo combina!

Como brincando eu consigo

Me proteger do perigo.

 

SANTIAGO:

Sigo então cozinhando

Receitas mil sem parar

Num caldeirão, esperando

Até a palavra voar.

(Sara repete sua estrofe em backing vocals e Santiago repete o refrão)


MÚSICA 7 –  JÁ SEI CANTAR (dueto Sara e sapo)
Link para música:  https://soundcloud.com/sara-32145686/ja-sei-cantar

SAPO

Talvez,

se eu fosse mais forte

tivesse mais porte

eu dava mais sorte

 

Mas eu

Só sei

Cantar

 

SARA

Talvez,

Se eu fosse mais bela

atriz de novela

virava uma estrela

 

Mas eu

Só sei

Cantar

 

SARA E SAPO JUNTOS

Vem, canta comigo

Assim te proponho

Serei teu amigo

Por todo esse sonho

 

SAPO

Talvez,

se a voz fosse grossa

tivesse mais bossa

não fosse uma troça

 

Só assim

eu sei

Cantar

 

SARA

Talvez,

Se eu não fosse gaga

voz que não engasga

livre dessa praga

 

Mesmo assim

irei

Cantar

 

SAPO E SARA ALTERNANDO, SARA COMEÇA

Talvez,

Se eu não fosse verde

Se eu visse mais longe

Se eu pulasse no alto

Se eu não gaguejasse

Se eu fosse um príncipe

Se eu fosse a rainha

Talvez,

Talvez,

Talvez…

 

SARA E SAPO JUNTOS

Mas prefiro assim…

 

Pois eu

Já sei

Cantar

 

Vem, canta comigo

Assim te proponho

Serei teu amigo

Por todo esse sonho


MÚSICA 8 – CAMINHA AO LADO COMIGO (de finais Sara, Tiago DEPOIS todos)
Link para música:  https://soundcloud.com/sara-32145686/caminh-ao-lado-comigo

(1a passagem Sara canta as 4 estrofes. 2a passagem Sara canta a 1a estrofe, Cachorro canta a 2a estrofe, Sapo canta a 3a estrofe. Todos cantam a 4a estrofe duas vezes como refrão.)

 

O sonho parece distante

daqui, nem consigo enxergar!

Por isso, que ninguém se espante

quando eu decidir caminhar.

 

Olhos cheios de contemplar…

Voz que engasga antes de sair…

Palavras então cozinhar

pra voz verdadeira fluir!

 

E amar o risco da canção,

cruzar cantando meu deserto.

Alinhar o meu coração

ao amigo que anda por perto.

 

Vem, caminha ao lado comigo

Vem, partilha é o que te proponho

Vem, eu quero ser teu amigo

Vem, pra construir nosso sonho